Alta Cilindrada Moto Revista

A História da Honda Motorcycles

A história da Honda começa em novembro de 1906, na aldeia de Komyo no Japão.

Soichiro Honda o filho mais velho de um ferreiro da aldeia era uma criança muito curiosa, desde cedo ficava observando motores, encantado com o cheiro, segredos e claro com o som que eles produziam. Nunca foi um bom aluno, mas isso nunca significou que não era uma criança mais inteligente que a média, ele não se interessava por livros, preferia a prática.

Soichiro Honda aos 8 anos construiu sua própria bicicleta, aos 13 já possuía uma série de pequenas invenções e ao completar 16 anos Honda foi para Tóquio para trabalhar como aprendiz em uma oficina mecânica. Ao voltar para Hamamatsu, Honda então, abriu sua própria oficina.

Com a experiência avançando em ritmo acelerado, aos 25 anos Soichiro Honda já consolidava sua oficina própria no mercado e ela era muito lucrativa, tanto que Honda já podia começar a aproveitar a vida, se dando ao luxo de dar asas a suas idéias. Um bom exemplo disso foi construir um barco de corrida, e um carro muito potente, com motor de avião American Curtis Wright.

O amor pela criação veio da infância e não demorou muito para que Honda começasse a fabricar suas próprias peças ao invés de consertá-las, as primeiras peças fabricadas por Honda fora Anéis para Pistões. Apesar da tranquilidade financeira e grande estrutura, que na época contava com 50 funcionários, Honda passou por tempos difíceis pois a fabricação custava muito mais que ele imaginava e era muito mais trabalhoso.

Com a ajuda de um antigo professor Honda descobriu a formula perfeita, era o que faltava para deixar a liga dos anéis perfeita: o Silício.

Honda Motos a História

Finalmente, em 1937, a “Tokai Seiki Heavy Industries” começou a fabricar anéis de qualidade e se tornou novamente rentável!

Honda decidiu estudar mais sobre os metais e entrou no Instituto de Tecnologia de Hamamatsu. Como nunca foi estudioso, só assistia às aulas que lhe interessava. Quando o reitor foi explicar pra ele que ele não poderia receber o diploma, Honda lhe disse: “Diploma? Isso vale menos que um ingresso de cinema. O ingresso lhe garante a entrada no cinema pois você pagou e o diploma não garante que se possa ganhar a vida com ele…” E em suas empresas, as pessoas sempre foram promovidas pelo trabalho e competência, independente do grau de instrução.

A rendição do Japão se deu quando Honda lutava para reconstruir suas máquinas e instalações! Com futuro incerto, Honda encontrou uma oportunidade e vendeu sua fábrica para a Toyota, que até então era cliente de seus anéis.

Desiludido, Honda ficou um tempo fora do mercado. Porém ambicioso e predestinado, em outubro de 1946, criou o Instituto de Pesquisas Técnicas Honda, no centro de Hamamatsu.

O Japão pós guerra estava caótico e um dos piores problemas era a escasses do transporte. Com o racionamento de combustível e trens lotados, Honda pensou pela primeira vez nas motocicletas. Comprou então um lote de motores usados para geradores. Com sua capacidade criativa, os adaptou em bicicletas e logo estava vendendo os primeiros ciclomotores !

Os primeiros 500 motores arrematados foram vendidos rapidamente e Honda começou a projetar seu próprio motor. Era um motor de 50 cc com potência de 0,5 cavalo.

O sucesso de vendas foi tanto, que em setembro de 1948, foi fundada a Honda Motor Company. O primeiro ciclomotor Honda era de 90cc, chamado de A. Este ciclomotor era conhecido como “Chaminé” pois a mistura combustível era rica em terebentina devido ao racionamento de gasolina e fazia muita fumaça.

Honda viu o horizonte se abrindo com seu ciclomotor Modelo A, e decidiu após vários protótipos fabricar a sua primeira Motocicleta Honda, com 98 cilindradas e 3 cavalos, que recebeu o nome de” DREAM” (sonho).

A partir daí, a história de Soichiro se confunde com a própria história da Honda. Sua competência e genialidade, sempre tocando os negócios de forma dinâmica, fizeram da Honda a maior industria motociclística do mundo.

A história da Honda Motos

Soichiro e seu inseparável amigo e sócio Fujisawa. Eles pareciam que nunca estavam satisfeitos e sempre incentivaram as pesquisas, o que levou a Honda a participar de competições de motos e carros, invariavelmente com incrível sucesso.

Empreendedor, fabricou carros, motos, geradores , motores de popa, máquinas agrícolas e muitos outros produtos, mas sempre sob sua supervisão.

Soichiro Honda não só fundou a maior empresa de motocicletas, mas principalmente popularizou o motociclismo e introduziu um alto nível de tecnologia e confiabilidade em veículos de duas rodas.

Em 5 de agosto de 1991, Soichiro não resistiu aos sérios problemas hepáticos e faleceu, aos 84 anos, deixando o mundo do motociclismo órfão. Ali partiu um gênio das 2 rodas, foi uma vida inteira dedicada a projetos audaciosos.

Em 1999, Soichiro foi eleito por jornalistas do mundo inteiro, o “Motociclista do Século”, aliás , um título prá lá de justo.

E essa foi a história de como nasceu a Honda Motor Company, um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada no mundo inteiro.






Siga o Alta Cilindrada no youtube
Siga-nos no Google News / Google Notícias

Comentários

Adblock detectado

Nosso conteúdo é 100% gratuito, portanto para que seja sempre assim, pedimos a gentileza de desativar o seu bloqueador de anúncios. Obrigado!