Alta Cilindrada Moto Revista

Motos elétricas da Kawasaki Homologadas

Motos elétricas da Kawasaki tem plataforma da Ninja 400 e Z400 e já estão sendo homologadas!

Sobre as Motos elétricas da Kawasaki, podemos chamar inicialmente de Ninja 400 elétrica e Kawasaki Z-400 Elétrica. Ambas foram apresentadas no ano passado durante o EICMA, a Kawasaki mostrou que realmente está disposta a entrar no mundo das eletrificadas.

Na época a montadora japonesa não deu nenhuma pista de quando seriam lançadas as versões elétricas, deixando os fãs da marca sedentos por mais informações sobre os modelos speed e naked eletrificados.

Depois de muito tempo parece que noticiaram boas novas lá da terra do sol nascente, pelo que indicam os rumores a dupla de Motos Elétricas da Kawasaki está prestes a entrar em produção. Isso mesmo, elas foram homologadas na Austrália e os registros vazaram na internet.

Moto elétrica da Kawasaki

Dentre as informações a documentação apenas não revelou ainda como irão se chamar os dois modelos, tudo indica que sejam nomeados como: Ninja-E1 e Z-E1. Deixando o nome de lado por enquanto, vamos falar dos detalhes incríveis dessas motos, os quais tivemos acesso há pouco tempo.

Potência das motos elétricas da Kawasaki

Aqui há uma polêmica envolvendo os modelos, afinal a potência das motos elétricas da Kawasaki decepcionou um pouco, mas há motivos para isso.

Na documentação podemos ver que as motos equipam um motor elétrico de 9kW, entregando 12 cavalos de potência nominal e 15 cavalos de pico. Embora pareça pouco, a moto elétrica é um pouco mais leve e esse conjunto será o suficiente para levar as motos tranquilamente a uma velocidade máxima de 110 km/h.

Embora os modelos recebam a alcunha similar e tradicional (Ninja e Z) elas não são motos esportivas de fato, elas são o primeiro passo para a eletrificação da Kawasaki e foram pensadas para rodagem urbana, o laboratório da marca nipônica com as motos elétricas servirá de base para os futuros lançamentos.

 Z-400 elétrica | Motos elétricas da Kawasaki

Muita gente se decepcionou com a cavalaria das motos elétricas da Kawasaki. Mas o objetivo da marca é conseguir se qualificar para a norma A1 na Europa, que é muito restrita em potência, o limite na categoria A1 é de 15 cavalos, encaixando os 2 modelos tranquilamente no mercado da Europa e Alemanha.

A Kawasaki Ninja e-1 e Z e-1 foram inspiradas na Ninja e na Z400

Os registros também incluem diversas imagens das motos elétricas da Kawasaki e especificações de produção. E sem nenhuma surpresa por aqui, a Ninja e-1 se parece exatamente com a Ninja 400, enquanto a Z-E1 é inspirada no modelo Z-400. Desde o farol até os piscas, todos os elementos são como as street movidas a gasolina da marca.

Sendo assim, fica claro que a Kawasaki não tem planos de fazer algo fora do comum ou tentar uma abordagem “futurista” como a maioria das outras montadoras fazem com suas motos elétricas. Incrível, as duas motos até têm a mesma distância entre eixos que suas contrapartes á combustão. Um pouco semelhantes demais eu diria, mas tenho certeza que haverão diversos fãs da linha Kawasaki 400cc que vão gostar das elétricas.

Ninja 400 elétrica | Motos elétricas da Kawasaki

O que mudou nas motos elétricas da Kawasaki comparado com a versão a Gasolina?

Em resumo o que muda é o peso, freios e algumas características. Como as motos são muito mais leves do que a versão à combustão não houve a necessidade de obter um sistema de frenagem tão potente como o da Ninja-400 então, ao invés deste, serão utilizados os freios das versões já descontinuadas Ninja-300 e Z-300. Devido ao menor peso, os dicos dianteiros serão de 290mm e os traseiros de 220mm e serão o suficiente para o conjunto trabalhar perfeitamente.

A principal característica, a cereja do bolo é o painel de instrumentos completamente digital presente nas duas versões. Espera-se uma tela TFT, completa com navegação passo-a-passo e conectividade com seu smartphone. Na lateral do painel há dois medidores debateria, um de cada lado, o velocímetro é posicionado ao centro com as demais informações ao redor.

Motocicletas elétricas da Kawasaki

Há também informações no registro sobre um sistema chamado “e-Boost” que pelo nome indica que seria um recurso para aumentar a potência para a cavalaria de pico por alguns segundos.

Quando serão lançadas as motos Elétricas da Kawasaki?

A Kawasaki deu um gostinho desse lançamento no EICMA, então com essa homologação esperamos que elas sejam lançadas em breve.

As motos elétricas da Kawasaki provavelmente estarão à venda na Europa primeiro, seguidos pelas concessionárias americanas da Kawasaki no início de 2024 ou meados de 2025.

Motos Elétricas da Kawasaki

Ninja 400 Elétrica, Z-400 Elétrica e também há uma moto híbrida à caminho!

Vale lembrar que a fabricante de motocicletas verdinhas também tem um projeto para uma moto elétrica híbrida em andamento, também baseada na plataforma de 400cc da Kawasaki. No entanto, essa versão híbrida promete o melhor dos dois mundos e muito mais potência do que as elétricas.

Então, se você é um entusiasta como eu, a essas horas você deve estar muito animado com todos esses lançamentos e na esperança de pingar alguma coisa aqui pro mercado brasileiro.















Siga o Alta Cilindrada no youtube
Siga-nos no Google News / Google Notícias

Comentários

Adblock detectado

Nosso conteúdo é 100% gratuito, portanto para que seja sempre assim, pedimos a gentileza de desativar o seu bloqueador de anúncios. Obrigado!